Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Unidade de Citrus colabora na multiplicação de conhecimento na Região Norte 2013 Fevereiro EMATER e Banco do Brasil firmam parceria para construção de 10 mil casas
26/02/2013 - 14h07m

EMATER e Banco do Brasil firmam parceria para construção de 10 mil casas

O acordo de cooperação, o Banco do Brasil financiará a construção do imóvel, através do Programa Minha Casa Minha Vida e a EMATER será responsável pela construção do projeto técnico e de desenvolvimento das famílias.

EMATER e Banco do Brasil firmam parceria para construção de 10 mil casas

Parceria foi confirmada pelo governador Teotonio Vilela Filho (Foto: LN)

 

Por Lírida Nerys

O governador Teotonio Vilela Filho assinou na manhã desta terça-feira (26), durante o Seminário Desenvolvimento do Sertão, que aconteceu na Câmara Municipal de Santana do Ipanema, o termo de cooperação com o Banco do Brasil para o desenvolvimento do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) no Semiárido alagoano. A meta do programa é construir 10 mil casas em toda região até dezembro 2013.

Conforme o acordo de cooperação, o Banco do Brasil financiará a construção do imóvel, através do Programa Minha Casa Minha Vida e o Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Alagoas (EMATER) será responsável pela construção do projeto técnico e de desenvolvimento das famílias selecionadas. Para essa nova missão a EMATER identificará os agricultores familiares que se enquadram no programa.

Para Teotonio Vilela Filho o seminário mostrou para as lideranças rurais e políticas da região que existem projetos de médio e longo prazo que objetivam o desenvolvimento dos municípios do Sertão, ações que estão nas diversas esferas do governo. “A interligação do Banco do Brasil com a EMATER vai proporcionar desenvolvimento produtivo e diminuir o déficit habitacional da região. A maior seca dos últimos cem anos, não é pior, porque os governos Federal e Estadual estão presentes”, frisou o governador de Alagoas.

Segundo Iza Toledo, chefe de gabinete da EMATER, a atuação do órgão de Assistência Técnica Estadual não se restringirá ao projeto social das unidades habitacionais, contemplará ainda a estrutura física do imóvel. “Estamos definindo uma equipe técnica para conduzir as ações do PNHR e já procuramos a Fetag, que tem experiência com o projeto, para debatermos um modelo de trabalho. O desenvolvimento do agricultor familiar é nosso objetivo”, reforçou a representante da presidência da EMATER.

Durante o anuncio do termo de cooperação, o gerente de negócios do Banco do Brasil, Ednaldo Barbosa, enalteceu a iniciativa do governo de Alagoas na reestruturação da EMATER, destacando ainda o papel social transformador da instituição pública de extensão rural. “Ninguém faz extensão rural como a EMATER, é ela que leva a tecnologia para o campo e o crescimento do meio rural, por isso precisamos desse apoio. Nada melhor do que a extensão rural para identificar o público alvo”, afirmou o representante do banco.  

No período da tarde, técnicos da EMATER, Banco do Brasil, lideranças rurais e secretários municipais de agricultura, se reuniram para discutir a implantação do projeto e os critérios de enquadramento do agricultor.   O público alvo desta nova parceria serão trabalhadores rurais qualificados no Grupo 1, ou seja, produtores e trabalhadores familiares cuja renda familiar anual bruta não ultrapasse R$ 15.000,00 (quinze mil reais), e que possuam a Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (DAP),  comprovação de enquadramento do agricultor como pequeno produtor. 

Ações do documento

Alagoas Tem Pressa

PARCEIROS

MDA

MDS

Embrapa

Banco do Nordeste

ASBRAER